Invista na sua própria carreira

Primeiramente, se você é daqueles que acha que a empresa deve investir na sua carreira, PODE PARAR POR AÍ. Empresa é igual relacionamento! Se está bom para ambas as partes, vocês continuam juntos, mas se o relacionamento não está bom para uma das partes, ele deve ser revisto, e se você não mudar isso, o problema não é a empresa, é você! (calma que vou explicar)

É natural que o colaborador, principalmente aqueles que já estão muito tempo na empresa criem uma expectativas em relação a futuros passos dentro da empresa, assim como acontece em qualquer tipo de relacionamento. Mas se a empresa não está te valorizando ou te ajudando a investir na sua carreira, faça isso você mesmo.

Para começar, é importante que você faça uma autoanálise do quanto você investiu na sua carreira no último ano. Depois disso, comece reservando todo mês uma quantia do seu salário e invista em você. 

O investimento pode ocorrer de diversas formas, seja com roupas por exemplo, para que você tenha uma boa imagem e se apresente melhor, como também através de conhecimento, sendo este o principal. Através do conhecimento você irá evoluir como pessoa e contribuir mais com a empresa. Sendo assim, você agregará mais valor e será visto com bons olhos. E se por acaso a empresa não te valorizar, com certeza o mercado irá. Por isso, não tenha receio de separar uma quantia do seu salário e investir na sua carreira.

E se a empresa que você está é uma empresa que investe em seus funcionários, procure fazer uso desses benefícios, seja uma pós graduação, certificações, cursos internos ou eventos, aproveite todas as oportunidades. Submeta palestras para que não seja necessário pagar o evento e converse com a empresa para que te ajudem com passagem aérea, hotel, entre outras despesas que você possa ter.


Eventos ajudam você a fazer networking e obter conhecimento. No entanto, é necessário foco! Não fique jogando conversa fora, saindo mais cedo do evento pra poder ir em bares ou coisas que só farão você desperdiçar a oportunidade, tenha seu objetivo em mente e corra atrás dele. 

E aproveitando que estamos falando de objetivos… 

Quais são os seus objetivos de vida? Quanto tempo você pretende ficar na empresa que você está? Você gosta do que faz? Sente que está tendo evolução? Quais são os seu maiores desafios? Faça essas perguntas para si mesmo e trace um plano, para que você saiba onde quer chegar. 

É necessário que você defina uma plano de crescimento, seja ele hierárquico ou horizontal. Ou seja, você pretende mudar de cargo de scrum master para um agile coach, por exemplo, ou você deseja continuar na sua área e se tornar um especialista. Independente do seu desejo, é necessário que você demonstre o seu crescimento para as outras pessoas. Não basta apenas estudar e se especializar se você não coloca isso em prática e nem demonstra seu conhecimento para as outras pessoas. Mostre que você sabe do assunto e que você consegue ajudar o seu cliente de forma mais satisfatória.

Todo início de ano faça uma projeção dos cursos que você quer fazer, quais eventos você deseja participar. Caso você queira palestrar, comece a se organizar para submeter algum assunto que você tenha interesse. Programe-se e analise as despesas e investimentos que você terá em você mesmo.

E se você tiver a impressão de que mesmo investindo em você, você continua não evoluindo dentro da empresa ou teve alguma regressão, como por exemplo um cargo que você não queria, olhe para o aprendizado que você está tendo e analise o que você está fazendo pela empresa. Se você está sendo autêntico em algo, escreva um artigo, fala do que você está fazendo em outros meios de comunicação, como o Linkedin. Se a empresa não te valorize, demonstre e compartilhe o seu conhecimento e seja valorizado por outros.

E para finalizar, eu Ana G. Soares vou dizer o quanto eu investi na minha carreira até agora. Para isso eu contabilizei eventos (hotel, passagem, inscrição), curso de inglês (3 anos) e certificações e cursos especializantes. Contabilizando ao total mais de CEM MIL reais em mim mesma!!! 

E você? Contabilize o quanto você investiu, deixe seu comentário e compartilhe comigo. Será que teremos um novo recorde?