Roda Ágil: um assessment para medir a agilidade do seu time ágil

Olá pessoas!

Depois de algum tempo realizando estudos e experimentos com os times de desenvolvimento, desenvolvi um novo modelo de aplicação para identificar o grau de maturidade dos times ágeis.

O modelo ficou bem simples e adaptável, até porque como trabalhamos com muitos times, eu não podia ter um asssessment muito longo. Vou explicar pra vocês como ele funciona, e ao final deste post, tem o link para o download do material e os materiais das minhas palestras.

Só não publiquei antes porque ainda estava fazendo alguns ajustes (vocês perceberão as diferenças entre os exemplos e o arquivo disponível para download).

Materiais

  1. Uma folha A4 com a Roda Ágil impressa;
  2. Três canetas, sendo uma de cada cor: vermelha, amarela e verde;
  3. Um lápis e uma borracha.

Instruções

  1. Para fazer pela primeira vez, reserve entre 40 a 60 minutos para a aplicação do assessment, em um local adequado e evite que o time se disperse. Quando você repetir o assessment, apenas 30 minutos serão suficientes.
  2. Explique sobre o assessment, e tranquilize o time sobre a avaliação que tem o intuito de identificar gaps para poder ajudá-los.
  3. A roda está dividida em 4 partes baseadas no Modern Agile: Torne Pessoas Sensacionais, Experimente e aprenda rápido, Faça da segurança um pré-requisito e Entregue valor a todo instante.
  4. Inicie em sentido horário, pela parte de Pessoas: Colaboração e comunicação como exemplo; caso a marcação seja baixa, oriente para usarem a cor vermelha, caso seja mediana use amarelo e quando o time pintar bastante, peça para utilizarem o verde, assim o resultado final já estará com uma matriz de calor.
  5. Todos devem entrar em consenso nas decisões ao realizar a pintura de cada área;

Recomendações

  1. Reserve uma sala onde todos possam se sentar de forma confortável, e com uma mesa ao centro para que todos visualizem a roda
  2. Não entregue o material para o Scrum Master, deixe-o no centro da mesa com as canetas e pergunte se alguém quer pintar; se ninguem quiser, aí sim você pede para o Scrum Master fazer a gentileza.
  3. Para facilitar equipes que possuem times remotos, fizemos uma escala numérica para eles opinarem, por exemplo, de 1 a 5, sendo 1 e 2 vermelho, 3 amarelo e 4 e 5 verde, qual pontuação você daria? Também deixamos aberto para quebrar estes números para 1,5 ou 2,5 por exemplo.
  4. Para times que possuí alguém com uma voz muito ativa, e se impões perante o time, sugiro que vocês usem baralho de planning poker, aí todos acabam dando a sua sugestão, sem ouvir a voz ativa antes.
  5. Se você quiser fazer sem as canetas coloridas não será melhor ou pior, recentemente eu fiz um estudo de cores e os resultados mostraram que os times não se sentem influenciados pelas cores ou a falta delas.
  6. Não tenha medo de usar o N/A (Não se aplica), simplesmente aceite que nem tudo serve para todos.
  7. Cuide ao expor a Roda para outros times, para não haver comparações de banana com laranja.
  8. Crie um plano de Ação para as partes mais críticas.
  9. Refaça o assessment sempre que o time achar necessário, eu gosto de fazer a cada 3 meses.
  10. Peça feedbacks do time e evolua sempre!

Não tem aplicativo? Por que usar papel e caneta?

Gente, como falei anteriormente, eu já fiz inúmeros assessments, com excel, com aplicativos, e quando a gente leva pro mundo digital, as coisas acabam perdendo um pouco do tato. Seguindo os princípios do Kanban que eu gosto muito:

  • Comece com o que você tem hoje;
  • Implemente mudanças evolutivas e incrementais.

Ao apresentar o vermelho no papel, o grau de urgência das pessoas é muito maior do que um visor de celular.

Eu mesma já mostrei alguns resultados da roda para os diretores, e eles ficaram impressionados e extremamente preocupados ao ver os vermelhos e amarelos pintados pelo time da auto avaliação.

É preciso engajar emocionalmente as pessoas a mudança, principalmente quando temos problemas sistêmicos que precisam ser resolvidos pelo C-level.

Personalize a sua Roda Ágil

Ana posso mudar alguma informação da Roda? É claro que pode, e deve (aliás é pra isso que se faz publicações, para que outras pessoas evoluam sempre!) eu mesmo mudei diversas vezes até chegar nesta versão e acredito que temos muito que evoluir. Mas a minha ideia foi criar algo o mais genérico possível.

Maturidade Roda Ágil (MRA)

Também criei níveis de maturidade para todos os times baseados na Roda Ágil. Este nível de maturidade é básico e não tem mistério. Ele é baseado no resultado da Roda Ágil (nada de auditoria para mudar os resultados hein?). Os times conseguem entender onde eles estão e aonde querem chegar com apenas um número que vai de 1 a 5. Para coletar a pontuação, tire a média entre todos os itens para se obter a média geral. Assim você terá um número médio que vai de 1 a 5. Sendo 1 menos maduro e 5 mais maduro.

Créditos e agradecimentos especiais

Gostaria de agradecer a HBSIS onde teve todo o início com o Agility Health Radar da Sally Elatta, este foi o primeiro assessment que tive contato trazido pelo Samuel na empresa (depois fizemos outras versões em português e só complicamos rsrs).
Ao time de Arquitetura da Softplan em especial o Fabiano FreitasMárcio Marchini que me ajudaram pacientemente na construção da Roda na parte de Segurança, a psicóloga Melina na parte de Pessoas, aos POs na parte de Entregar Valor, aos meus gerentes que me ajudaram com o nome e propuseram melhorias na nova versão; e ao Fábio que me ajudou a testar em tantas equipes. Também aos que me inspiraram: a Rafaela Mantovani (criadora da bússola ágil), ao Buzon que escreveu sobre o Agile Coach Tool 1on1, aos princípios do Modern Agile e ao Paul J. Meyer criador da Roda da vida que foi a principal inspiração para o nome e o formato de aplicação. Em especial, aos times Alemanha e Grécia que topavam todos os meus experimentos, gente muito obrigada!

Arquivos para download


17-Jan-2018 — Nova versão disponível 2.0 e versão em inglês

Com base no feedback dos Agile Coaches, temos uma nova versão da Roda Ágil disponível para download. Nesta versão, a Roda está renderizada e com alguns termos modificados. Agradecimentos a Natacha Leite e ao Stéfano Girardelli que vetorizou a roda, fiquei muito feliz, obrigada! <3

20-Abr-2018 — Roteiro da Roda Ágil disponível para download

Galera, a fim de padronizar os conceitos da Roda, criei um roteiro que auxilia neste processo.

No entanto, é importante lembrar que vocês não devem utilizar este documento para realizar uma auditoria e pontuar item a item, este é um erro cometido por outros assessments, que inclusive eu já testei e perde a essencia. A pontuação é decidida pelo time diretamente na Roda. Estes itens são apenas para esclarecer o significado de cada item, combinado?

14-Mai-2018 — Nova versão disponível 2.5

Segundo o Modern Agile, novas abordagens modernas compartilham foco na produção de resultados excepcionais e no crescimento de uma cultura excepcional. Acreditamos que fazia muito mais sentindo transformar a Roda Ágil em favor dessas novas abordagens modernas. Por este motivo a Roda Ágil agora é fundamentada por quatro princípios orientadores:

Rode com seus times e mostra pra gente como está a maturidade por aí, use a hashtag #rodaagil e mandem feedbacks!

24-Abr-2019 — Versão online da Roda Ágil

Recentemente o Erick Luiz publicou no Linkedin uma versão da Roda Ágil Digital! Neste site você poderá preencher online e baixar a imagem em .png!! Aproveitem: http://grafosm.surge.sh

Vídeos complementares:

Se ainda ficaram dúvidas de como aplicar a ferramenta seguem dois vídeos:

Clique aqui para saber mais sobre a Certificação Profissional da Roda Ágil